Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
7/03/18 às 9h32 - Atualizado em 15/03/18 às 11h21

Ação de manejo ambiental contra dengue começa por Sobradinho II

COMPARTILHAR

CIBELE MOREIRA, DA AGÊNCIA BRASÍLIA

 

Apontada como a região de maior risco de surto do mosquito Aedes aegypti, Sobradinho II recebe a primeira ação de manejo ambiental de combate à dengue de 2018.

 

A força tarefa reúne várias equipes do governo e tem como objetivo diminuir os criadouros do inseto, transmissor da doença e de outras, como chikungunya e zika vírus. Nesta terça-feira (6), trabalhadores do Serviço de Limpeza Urbana (SLU) recolheram materiais inutilizáveis nas casas.

 

Fogão, sofá velho, latões, telhas e pneus, entre outros objetos, foram retirados por caminhões do SLU e da Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap). O material será descarregado na Unidade de Recebimento de Entulhos, na Estrutural (antigo lixão).

 

Agentes de Vigilância Ambiental auxiliaram na comunicação com a comunidade de Sobradinho II e orientaram a população sobre os cuidados para evitar os focos do Aedes nas residências.

 

Moradora da região há 25 anos, Janaína Costa Reis, de 58 anos, aproveitou a ação para jogar fora o colchão velho que não tinha mais uso. “Foi muito bom. Consegui dar uma destinação correta para o lixo.”

 

A operação atendeu às quadras ARs 9, 10, 12, 13, 14, 15, 17 e Vila Buritizinho. Nesta quarta-feira (7), as equipes continuarão o serviço de limpeza nesses locais. Na semana que vem, será a vez da Fercal receber a força-tarefa.

 

Nos dias 13 e 14 de março, trabalhadores do SLU e da Diretoria de Vigilância Ambiental estarão no Engenho Velho, no Lobeiral, na Fercal Oeste e em Boa Vista.

 

O secretário das Cidades, Marcos Dantas, enfatiza a importância da ação. “Pedimos aos moradores dos locais mapeados que juntem todo tipo de inservível potencialmente capaz de proliferar o mosquito e coloquem na porta de casa, para que possamos recolher e vencer esta guerra.”

 

Além das casas, serão retirados entulhos depositados em áreas públicas. Para o administrador de Sobradinho II e Fercal, Charles de Magalhães, a iniciativa é muito importante.

 

“A gente sabe que a questão de saúde pública é primordial, e esse trabalho de retirada dos focos será de grande ajuda para diminuir os riscos da doença na cidade”, comenta.

 

De acordo com Magalhães, a administração já recolhe cerca de 40 toneladas de entulhos por semana nessas duas regiões. Agora, o trabalho nas casas será um complemento.

 

A agente de Vigilância Ambiental Stephane Valentim, da Secretaria da Saúde, explica que, ao final da ação em cada região, será feita avaliação de todo o serviço. Está previsto também o retorno, sem data definida, às localidades limpas, para verificar se precisa ser montada outra força-tarefa.

 

Diversos órgãos já atuam rotineiramente nas cidades com o objetivo de reduzir o risco de surto da dengue, que historicamente ocorre até maio. Mas a ação será intensificada para evitar que a doença prolifere.

 

Outras regiões, como Lagos Norte e Sul, Recanto das Emas, Planaltina, Park Way, Varjão e Itapoã receberão também a atuação da força-tarefa.

 

Levantamento de proliferação do Aedes
Em fevereiro, o Distrito Federal entrou em estado de alerta quanto à infestação predial do mosquito. De acordo com o Levantamento de Índices Rápido do Aedes aegypti (LIRAa), divulgado pela Diretoria de Vigilância Ambiental, a capital federal ficou com o índice de focos do mosquito de 2,05%. No ano passado, esse número era de 0,90%.

 

O índice estabelecido pelo Ministério da Saúde como satisfatório é inferior a 1%. Entre 1% e 3,9%, a situação é de alerta e, quando a taxa fica superior a 4%, há risco de surto de dengue.

 

As regiões que apresentaram risco de surto foram: Sobradinho II (11,57%), Lago Norte (6,22%), Fercal (4,68%), Park Way (4,40%), Lago Sul (4,19%) e Varjão (4,15%).

 

No momento, equipes de governo estão trabalhando para reverter a situação com ações integradas de conscientização, controle e enfrentamento.

 

Ação de manejo de combate à Dengue

7 de março (quarta-feira)

Nas quadras ARs 9, 10, 12, 13, 14, 15, 17 e Vila Buritizinho

13 e 14 de março (terça e quarta-feira)

Na Fercal nas regiões do Engenho Velho, Lobeiral, Fercal Oeste e Boa Vista

 

FOTO: ANDRÉ BORGES

EDIÇÃO: VANNILDO MENDES

 

SLU - Governo de Brasília

Serviço de Limpeza Urbana do Distrito Federal

Serviço de Limpeza Urbana do Distrito Federal SCS Quadra 08 Bloco “B50” 6º andar Edifício Venâncio 2000 - CEP: 70.333-900 Telefone: (61) 3213-0153