Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
15/09/15 às 13h42 - Atualizado em 29/10/18 às 17h26

SLU se reúne com gestores, líderes comunitários e catadores

Itapoã recebe o projeto De Olho na Coleta

O Serviço de Limpeza Urbana (SLU) esteve presente no Itapoã com o projeto De Olho na Coleta nesta quinta (10). A iniciativa visa envolver líderes comunitários na fiscalização da coleta convencional. O encontro contou com a presença da diretora-geral do SLU, Kátia Campos, e sua equipe técnica, fiscais da Agência de Fiscalização do Distrito Federal (Agefis) e do administrador Regional, Eduardo Rodrigues da Silva.A proposta do projeto é fazer uma gestão compartilhada, para que a população ajude a fiscalizar a prestação dos serviços de coleta e, dessa forma, melhorar sua qualidade.

Para a diretora-geral Kátia Campos a visita ao Itapoã foi uma reunião diferenciada cujo objetivo é implementar  um trabalho de educação ambiental na cidade. “Precisamos desenvolver ações nas escolas, igrejas, entre outros estabelecimentos, de forma que o material recolhido aqui seja totalmente diferente e possa ser aproveitado pelas associações de catadores da comunidade. Como as associações são pequenas, precisamos começar fazendo tudo com muita atenção”, afirma.

Willian Souza, catador da associação Recicla+Brasil, acredita que a população precisa de informação e reconhece que existe boa intenção mas as pessoas não conhecem, ainda, a forma correta de descartar o lixo e afirma que o programa é uma oportunidade dos catadores serem ouvidos. “O SLU mostra que está do nosso lado, e vem fazendo um excelente trabalho, que não foi feito anteriormente. Os catadores e a comunidade estão sendo ouvidos pelo atual governo.”, afirmou o catador que mora no Itapoã.

O administrador Regional do Itapoã Eduardo Rodrigues diz que a comunidade se faz presente nas reuniões, e para equacionar os problemas da cidade não existe solução mágica e sim a organização das pessoas para realização de um trabalho coletivo. “Considero importante a vinda do SLU para dialogar com as lideranças. Uma característica da comunidade local é ser participativa”, conclui.

Outro assunto abordado na reunião foi o despejo irregular de residuos em áreas públicas, conhecidos como pontos sujos. O assessor do SLU, Guilherme de Almeida mostrou para os presentes o projeto que pretende transformar os pontos de despejo irregular de resíduos em Pontos de Entrega Voluntária (PEV), local destinado a receber dos pequenos volumes de resíduos da construção civil (até 1m3), galhadas e volumosos (móveis). Os locais para instalação dos PEV  serão escolhidos posteriormente pela administração em parceria com a comunidade

Os fiscais da Agefis informaram da proibição de despejar resíduos em áreas publicas, esclareceram sobre as penalidades atribuidas a quem notificado por despejo irregular e afirmaram que as denúncias podem ser feitas pelo número 162.

SLU - Governo do Distrito Federal

Serviço de Limpeza Urbana do Distrito Federal

Serviço de Limpeza Urbana do Distrito Federal SCS Quadra 08 Bloco “B50” 6º andar Edifício Venâncio 2000 - CEP: 70.333-900 Telefone: (61) 3213-0153