gototop
Terça, 06 Dezembro 2016

Pintura de meio-fio mecanizada traz agilidade com menor custo

 

Duas máquinas de pintura fazem rodízio entre as cidades de Ceilândia, Taguatinga, Águas Claras, Estrutural e Vicente Pires, Riacho Fundo I.

O Serviço de Limpeza Urbana (SLU) utiliza a pintura mecanizada de meio-fio para deixar as ruas e vias limpas, mantendo uma boa aparência e melhorando a sinalização.Duas máquinas fazem rodízio para atender as regiões administrativas de Ceilândia, Taguatinga, Águas Claras, Estrutural, Vicente Pires, Park Way (quadras três, quatro e cinco) e Riacho Fundo I.A vantagem do equipamento é executar a de forma ágil e com menor custo.

As máquinas têm como objetivo a pintura de meio-fio das grandes vias. No cronograma, está prevista a utilização do serviço a cada semana em uma cidade diferente. Nas ruas em que o equipamento não consegue entrar, o SLU tem estudado alternativas, inclusive, com a pintura manual, quando necessário. A máquina pinta em média 13 quilômetros de meio-fio de rua por dia. Nas rodovias, a média é de 17 km.

Duas equipes formadas por seis pessoas, um motorista e cinco ajudantes, responsáveis pela operação do equipamento (pintura com cal), o acabamento e a sinalização, interditando a faixa mais próxima do meio-fio, para proteger os trabalhadores que efetuam a pintura mecanizada.

A empresa Valor Ambiental desenvolveu um equipamento dosador, que tem capacidade de misturar até 5.000 litros de cal inclusive com o fixador (considerado como a "vaca mãe").  Cada máquina de pintura comporta 2.500 litros. Desta forma, de uma batelada de mistura de cal podem-se abastecer as duas máquinas de pintura.

Pregão

A máquina de pintura de meio-fio é fornecida pela Valor Ambiental, empresa que presta os serviços de limpeza urbana no Lote 2, e que abrange as regiões administrativas de Águas Claras, Ceilândia, Estrutural, Park Way, Riacho Fundo I, Taguatinga e Vicente Pires. A empresa também é responsável pelos serviços de coleta de resíduos, manejo, varrição, lavagem de monumentos, coleta mecanizada, coleta manual, destinação final, entre outros descritos no contrato firmado com o SLU.

No valor de R$ 76.579.881,20, o contrato foi publicado no Diário Oficial do DF em 22 de abril de 2016 e tem validade de 10 meses, podendo ser renovado pelo mesmo período por até mais cinco vezes. A contratação também prevê a operação e a manutenção da Usina de Triagem e Compostagem dos resíduos de Ceilândia e a compostagem, no pátio dessa unidade, de parcela dos resíduos orgânicos processados na Usina de Triagem e Compostagem da Asa Sul.


VOCÊ ESTÁ AQUI: Início Notícias Pintura de meio-fio mecanizada traz agilidade com menor custo