Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
15/01/18 às 16h38 - Atualizado em 29/10/18 às 17h28

Quatorze cooperativas assinam contrato com governo para serviços de triagem e de coleta seletiva

Nesta terça-feira (16), às 9h, o Governo de Brasília, juntamente com o Serviço de Limpeza Urbana (SLU), assina 15 contratos com as 14 cooperativas que prestarão serviço de triagem e coleta seletiva no DF. A solenidade vai acontecer em um dos cinco galpões alugados pelo SLU, localizado em Ceilândia.

Além das assinaturas, o Governo de Brasília vai entregar 793 equipamentos que vão compor os galpões para auxiliar os catadores nos serviços de triagem. Os galpões vão receber balança eletrônica e mecânica, empilhadeira, carro cuba, carro plataforma, girica, paleteira, enxada, rastelo, pá, forcado, container, além de esteiras de 15, 20 e 25 metros.

Todos esses maquinários serão distribuídos nos cinco galpões alugados pelo governo para acomodar as oito cooperativas do Aterro Controlado do Jóquei (ACJ), o antigo “lixão da Estrutural”, com 1.381 catadores informados no cadastro.  

No SIA trecho 17, o governo alugou dois galpões: um no lote 1400, com a cooperativa  Coopere, com 165 catadores; e outro no lote 105, onde atuarão as cooperativas Coopernoes e Coorace, com 40 e 185 cooperados, respectivamente.  O galpão do SCIA também acomoda duas cooperativas: a Construir, com 200 catadores e a Coortrap, com 49. No galpão localizado no SAAN vão trabalhar 53 catadores da Cooperlimpo e 76 da Plasferro. Finalmente, os 613 cooperados da Ambiente ocuparão o galpão de Ceilândia.  

Ao todo, o governo está investindo mais de R$ 20 milhões em infraestrutura com aluguel, reforma, construção, além dos equipamentos para os galpões.

Serviço de triagem

Oito cooperativas de catadores do “lixão da Estrutural” assinarão os contratos para prestarem serviço de triagem, podendo receber até R$ 350 por tonelada separada. São elas:

-Cooperativa de Trabalho de Catadores de Materiais Recicláveis e Reutilizáveis Ambiental – Coopere

-Cortrap – Cooperativa de Reciclagem, Trabalho e Produção

– Construir  – Cooperativa de Trabalho de Reciclagem Ambiental

– Coorace  – Cooperativa de Reciclagem Ambiental da Cidade Estrutural

– Coopernoes  –  Cooperativa de Trabalho e de Materiais Reciclados e de Educação Ambiental Nova Esperança

-Cooperlimpo de Catadores do Brasil

– Plasferro  – Cooperativa de Reciclagem Ambiental

Ambiente – Associação dos Ambientalistas da Vila Estrutural

Coleta Seletiva

Outras sete cooperativas de catadores, que foram selecionadas para prestarem serviço de coleta seletiva no fim do ano passado, também assinarão contrato nesta terça-feira: Coopere, Vencendo Obstáculos, Recicla+Brasília, CRV, Ecolimpo e Cooperdife.

A previsão é que até fevereiro deste ano, as cooperativas iniciem os serviços de coleta seletiva nas regiões do Cruzeiro, Itapoã, Paranoá, Lago Sul, Lago Norte, Varjão, São Sebastião, Sobradinho I, Riacho Fundo I e II.

Além dessas regiões atendidas pelas cooperativas, o SLU aguarda a liberação do edital para contratação de serviços de limpeza pelo TCDF para ampliar a coleta seletiva para todas as regiões do DF.

Serviço

Local: Centro de Triagem galpão Ceilândia Norte – SDMC Q. 8 lotes 4 a 7

Hora: 9h

Localização:

SLU - Governo do Distrito Federal

Serviço de Limpeza Urbana do Distrito Federal

Serviço de Limpeza Urbana do Distrito Federal SCS Quadra 08 Bloco “B50” 6º andar Edifício Venâncio 2000 - CEP: 70.333-900 Telefone: (61) 3213-0153