Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
4/11/20 às 14h53 - Atualizado em 4/11/20 às 15h00

Segunda etapa da campanha Cartão Verde já aplicou mais de 400 cartões

 

A segunda etapa da campanha Cartão Verde, promovida pelo Serviço de Limpeza Urbana (SLU), continua nas ruas. Na primeira semana de avaliação, mais de 400 cartões verdes, vermelhos e amarelos foram aplicados nas regiões de Ceilândia, Recanto das Emas e Sudoeste. A ideia da campanha é alertar moradores sobre a importância da coleta seletiva e a separação correta dos resíduos.

 

De acordo com os primeiros levantamentos, os moradores de Ceilândia e Recanto das Emas estão acertando na separação dos resíduos. Na primeira região foram aplicados 43 cartões verdes (indicando que a maior parte dos resíduos era mesmo de recicláveis), contra cinco amarelos (apontando que ainda havia muita mistura de secos e orgânicos) e um vermelho (onde não havia nenhum tipo de separação). No Recanto das Emas foram 23 cartões verdes, nove amarelos e três vermelhos.

 

Já os moradores do Sudoeste precisam ficar alertas: o levantamento da primeira semana de campanha indica que ainda há muita mistura de materiais orgânicos e secos nos resíduos despejados para coleta seletiva. Nesta região foram aplicados 338 cartões. Desse total, 123 foram cartões verdes, 73 vermelhos e 142 amarelos.

 

“Os moradores e síndicos das regiões onde vai acontecer a campanha é comunicada com antecedência pela equipe de mobilização com o intuito de incentivar a separação correta dos materiais recicláveis. A ideia não é punir, mas educar”, explica a coordenadora de mobilização do SLU, Luana Sena, lembrando que a Resolução nº 21 da Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico (Adasa) regulamenta o descarte de resíduos no DF e atribui ao usuário a responsabilidade de separar e acondicionar adequadamente os resíduos sólidos.

 

A primeira etapa da campanha foi realizada no final de setembro e começo de outubro e avaliou as regiões do Noroeste, Gama e Ceilândia (Setor O). Durante três semanas foram aplicados 702 cartões pelas equipes de garis. Ao término, aqueles prédios ou residências que receberam três cartões vermelhos receberam a notificação do DF Legal e o prazo de 5 a 10 dias para acertar na separação dos resíduos. Após esse prazo, o órgão de fiscalização vai voltar para conferir e, se for o caso, autuar aqueles que insistirem na prática incorreta.

 

SLU - Governo do Distrito Federal

Serviço de Limpeza Urbana do Distrito Federal

Serviço de Limpeza Urbana do Distrito Federal SCS Quadra 08 Bloco “B50” 6º andar Edifício Venâncio 2000 - CEP: 70.333-900 Telefone: (61) 3213-0153