Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
4/09/15 às 12h40 - Atualizado em 29/10/18 às 17h26

Vem Saber traz reflexão sobre sustentabilidade e reciclagem

Capacitação conta com parceria do Sebrae/DF

A XVII edição do Vem Saber, realizada na quarta-feira (2), abordou o tema “Catadores e Coleta Seletiva”. A palestra foi ministrada pela bióloga Kátia Machado Vieira, que atua como consultora do Sebrae e instrutora na área de sustentabilidade.

A bióloga discutiu sobre a necessidade da sustentabilidade ambiental e de encontrar soluções para o assunto, assim como novas formas de racionalizar o problema. Segundo Kátia, passamos por um momento de crise ambiental. “Essa crise não começou hoje, mas estamos num momento em que se não dermos atenção necessária, vamos passar do ponto de tentar resolver alguns setores”, comentou.

Kátia cita atitudes necessárias para se evitar na administração de empresas garantindo seu sustento financeiro junto à preservação do meio ambiente. Entre as ações que se devem evitar estão: o desperdício de água, energia, matéria prima, resíduos e aumento da poluição. Quanto às ações que devem ser estimuladas estão o ganho econômico, lucro, competitividade, a satisfação do consumidor e qualidade ambiental. Ela explicou também que antes havia “3Rs” essenciais para garantir a sustentabilidade (Reutilizar, Reciclar e Reaproveitar). “No entanto, esses ‘Rs’ expandiram-se consideravelmente graças à crise ambiental que se agravou. Aumentamos a quantidade de ‘Rs’ e, hoje, o mais recente é ‘Repensar as atitudes’”, acrescentou a bióloga.

Na opinião da palestrante, o crescimento de uma empresa está associado aos seus recursos, lucros e pessoas. Além disso, deve-se ter ambição, denominada de “sonho” na palestra. Para Kátia, a diferença essencial entre esse “sonho” das empresas e o sonho comum é que o último tem intenção de ser realizado e, para isso, deve-se racionalizar seus recursos. Ela destacou ainda que “ser sustentável garante ao setor um crescimento acima do esperado e facilita as negociações com órgãos públicos, iniciativas privadas e com parceiros”. Isso quer dizer que os resíduos deixados por uma determinada indústrias podem ser reaproveitados como matéria-prima para indústrias de outros setores. Segundo a bióloga, o processo produtivo para conseguir o produto desejado inevitavelmente gera um produto indesejável, podendo levar ao desperdício.

Para a solução desses problemas, Kátia comentou sobre a importância da educação e do planejamento antecipado. “Precisamos repensar, discutir, reavaliar e, principalmente, pensar nas formas de educar a população em todos os seus níveis. Se não houver educação e planejamento, não poderemos direcionar adequadamente os recursos, tanto ambientais como financeiros, e encontrar novas soluções”, disse.

SLU - Governo do Distrito Federal

Serviço de Limpeza Urbana do Distrito Federal

Serviço de Limpeza Urbana do Distrito Federal SCS Quadra 08 Bloco “B50” 6º andar Edifício Venâncio 2000 - CEP: 70.333-900 Telefone: (61) 3213-0153