gototop
Quinta, 21 Dezembro 2017

Selecionadas mais sete cooperativas para prestação de serviço para coleta seletiva

  Luana Lemes/Ascom SLU

Sete cooperativas de catadores foram selecionadas para prestarem serviço de coleta seletiva no DF. Na tarde desta quinta-feira (21), os 15 representantes que apresentaram propostas participaram da revelação dos resultados.

Ao todo, as cooperativas apresentaram 22 propostas para os sete lotes. Em cada lote, venceu a que conseguiu a maior pontuação, de acordo com os critérios técnicos (60%) e econômicos (40%). Para o técnico, cooperativas que atuam no Aterro Controlado do Jóquei, receberam quatro pontos; as que atuam dentro das Regiões Administrativas dos referidos lotes, receberam dois pontos. No critério econômico, quem apresentou menor preço por lote, recebeu quatro pontos; quem teve o preço menor que a média por lote, recebeu três pontos; e o preço maior que o preço médio, dois pontos.  

No lote 1, quem recebeu a maior pontuação foi a Coopere, mas decidiu abrir mão, porque optou pelo lote 7, em que também foi vencedora com maior pontuação. Portanto, a cooperativa Vencendo Obstáculos, que teve a segunda melhor colocação, foi a vencedora e prestará serviço no Cruzeiro e Grandes Geradores de Resíduos.

Houve empate nos lotes 2, 4, 5 e 6, que  foi decidido por sorteio mediado pelo diretor-técnico do SLU, Paulo Celso dos Reis, e auditado pelo Ouvidor de Controlador do SLU, Bruno Marques. Toda reunião foi gravada para promover transparência aos candidatos e público em geral.

O lote 2, a vencedora, por sorteio, foi a Recicla+Brasil, que vai atender Itapoã e Paranoá. O lote 3 foi definido por pontuação e a vencedora foi a Recicla Brasília, para atender o Lago Sul. O lote 4, a sorteada foi a cooperativa CRV, para atender Lago Norte e Varjão. No lote 5, ganhou o sorteio a Ecolimpo, que vai atuar em São Sebastião. A Coorpedife venceu, também por sorteio, o lote 6 e vai atender Sobradinho I.

As cooperativas Renove, Planalto, Ambiente e Construir ficaram fora da disputa, pois não preencheram os requisitos do regulamento para a seleção, mas terão chance em outra oportunidade. “As cooperativas que não apresentaram documentação foram consideradas inaptas, mas pretendemos abrir mais oportunidades para as demais daqui uns dois meses”, disse Reis.

A relação das cooperativas contempladas será publicada no DODF na próxima terça-feira (26), data que também terão início os treinamentos. Com a seleção dessas sete cooperativas, o DF passa a ter 11cooperativas contratadas para coleta seletiva.

A assinatura dos contratos está prevista para acontecer de 2 a 6 de janeiro de 2018 e o início das atividades, dia 22 de janeiro. 

VOCÊ ESTÁ AQUI: Início Notícias Selecionadas mais sete cooperativas para prestação de serviço para coleta seletiva